Textos

1º MINI CONTO DE FRIDA KARLA
Mais uma vez prefiro partir definitivamente a não poder mais ir ao teu encontro, já anunciei minha ida e ordenei quietude e tranqüilidade em todos. Quero somente o mesmo silêncio da tua falta de amor me acompanhando na partida. O vozerio das pessoas não-apaixonadas não se mescla bem com a cor desse amor que se esvai feito chuva. Também não quero que fiquem insistindo em me fazer viver, porque eu não entendo nada de uma vida incolor. E sem você, só dá para ser incolor. Eu prefiro dormir eternamente e só. Na solidão já sei armar minhas aquarelas.

carla nobre
Enviado por carla nobre em 11/08/2009
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: jenniferphoon/flickr